Category Archives: Anos 50

Das boas fotos

Dioramas, maquete, miniatura, o que quer que seja… Putz.

Não é que esse Michael Paul Smith faça essas coisas prá deixar nossas pretensas habilidades fotográficas e artísticas envergonhadas e jurando nunca mais sair do armário.

É só que ele consegue isso, o que se há de fazer?

Juntando umas miniaturas, a perspectiva certa, iluminação boa, se saí com imagens que deixam seu lado criança querendo um tanto de carrinhos de metal pela casa.

Por exemplo, isso:

Cars1

Que na verdade é isso:

Cars2

E eu, que sempre cultivei essa admiração por miniaturas – ainda mais depois de ter um diretor de arte que era fodão no quesito dioramas trabalhando na mesa do lado - passei um bom tempo aqui, boquiaberto com o que a paciência, a prática, o bom gosto, o know how e tudo mais fazem.

Coisas como, quem sabe, uma oficina mecânica aberta a noite

Cars3

Que, claro, é isso:

Cars4

Obrigado, internet, por deixar o trabalho do cara disponível.

E nós voltemos ao que sabemos fazer.

Instagram > Foto do almoço > Filtro Earlybird > Enviar > 12 likes = Baita artista

Tags , , ,

Sinatra

Você pode ter um SUV branco.

Você pode usar todos os filtros do Instagram.

Você pode ser o maior conhecedor de vinhos da turma.

Você pode pode entender tudo de culinária molecular feita na Noruega.

Sim, sim, eu acredito que você pode ser legal. Você pode ser cool. Você pode ser referência.

Ainda assim, você nunca vai chegar nem perto disso.

Frank Sinatra & Marlon Brando

Marlono Brando e Frank Sinatra. Só.

Parabéns, Frank.

Tags ,

советское искусство

Conquer-the-space

Picture 1 of 6

Muitas décadas atrás, antes da estandardização global das referências, era muito fácil identificar a origem de produtos, músicas, filmes…

Se hoje temos os mesmos móveis de Ikea na Suécia e na Itália, a mesma música de inspiração (no que hoje se chama de) R&B americano na Argentina e no Chipre e a mesma campanha global de publicidade em todos os países em que a Heineken atua, isso não foi sempre assim.

Um anúncio americano dos anos 40 tem uma cara que somente os anúncios americanos dos anos 40 tem.

A publicidade inglesa dos anos 60 também tem itens que a destacam e identificam com alguma facilidade.

Mas nada é mais característicamente lindo do que a publicidade soviética dos anos 30, 40, 50… As ilustrações que compunham os anúncios, as cores fortes, os traços e afins são de uma identidade única, que até hoje serve de inspiração e referência ao redor do mundo.

Assim como o design funcional de embalagens da Alemanha Oriental (obviamente influenciada pela própria URSS desses cartazes), isso parece ter encontrado um lugar de fetiche na mente das novas gerações, que sequer haviam nascido na época das guerras e dificilmente lembra-se de algo anterior a queda do muro de Berlim.

Uma série linda dessas imagens, muito maior do que essa galeria de 6 fotos selecionadas acima, está disponível no site Retronaut.

Tags , ,

CompreCompreCompreCompre

Porque, de repente, essa coisa de comprar mais e mais me incomodou.

I want to buy
- Have you been affected?
I need consoling
- You could be addicted
I need something new
Something trivial would do
I want to satisfy this empty feeling

Spend, Spend, Spend
The Slits

Tags , ,