cidadão entretido

Das boas fotos

Escrito por em Anos 50, Arte, Fotografia

Dioramas, maquete, miniatura, o que quer que seja… Putz. Não é que esse Michael Paul Smith faça essas coisas prá deixar nossas pretensas habilidades fotográficas e artísticas envergonhadas e jurando nunca mais sair do armário. É só que ele consegue isso, o que se há de fazer? Juntando umas miniaturas, a perspectiva certa, iluminação boa, se saí com imagens que deixam seu lado criança querendo um tanto de carrinhos de metal pela casa. Por exemplo, isso: Que na verdade é isso: E eu, que sempre cultivei essa admiração por miniaturas –…read more

0

Sinatra

Escrito por em Anos 50, Cinema

Você pode ter um SUV branco. Você pode usar todos os filtros do Instagram. Você pode ser o maior conhecedor de vinhos da turma. Você pode pode entender tudo de culinária molecular feita na Noruega. Sim, sim, eu acredito que você pode ser legal. Você pode ser cool. Você pode ser referência. Ainda assim, você nunca vai chegar nem perto disso. Marlono Brando e Frank Sinatra. Só. Parabéns, Frank.

0

советское искусство

Escrito por em Anos 50, Anos 60, Arte, Ciências, Design, História, Ilustrações

Muitas décadas atrás, antes da estandardização global das referências, era muito fácil identificar a origem de produtos, músicas, filmes… Se hoje temos os mesmos móveis de Ikea na Suécia e na Itália, a mesma música de inspiração (no que hoje se chama de) R&B americano na Argentina e no Chipre e a mesma campanha global de publicidade em todos os países em que a Heineken atua, isso não foi sempre assim. Um anúncio americano dos anos 40 tem uma cara que somente os anúncios americanos dos anos 40 tem. A publicidade…read more

CompreCompreCompreCompre

Escrito por em Anos 50, Música, Publicidade

Porque, de repente, essa coisa de comprar mais e mais me incomodou. I want to buy – Have you been affected? I need consoling – You could be addicted I need something new Something trivial would do I want to satisfy this empty feeling Spend, Spend, Spend The Slits

0